23

abr

2016

Resumão da feira de móveis em Milão: Cozinhas & Salas #ISaloni

Vamos trabalhar né descansei já esses poucos dias e curti meus filhos.

Para quem também ama as tendências de decoração e quer saber quais são as novidades vou mostrar um pouco da feira para vocês, que é sequência do post no qual fiz pouco antes de ir para Milão (clique aqui!), e do look do dia (clique aqui) laa no belo lago de Garda. E terá vlog também. Enfim, vamos conferir as novidades!!!


FEIRA

Reservamos apenas o final de semana para visitar aquele mundo de design. Um dia ou dois não da para  ver tudo e visitar cada stander. Mas se você vem do Brasil vale apena ir todos os dias e selecionar três ou quatro setores por dia e talvez ainda assim não conseguirá ver tudo (ao menos eu, fico muito tempo em cada ambiente).

Eu preferi ir somente no sábado e ver apenas o que mais tenho interesse e o restante é basicamente a mesma coisa. Porque uma coisa vai puxando a outra e isso pude presenciar tanto em sala como em cozinha, entre outros acessórios e tecidos. As cores não variaram tanto como sempre tenho visto através de blogs nesses 13 anos que acompanho a feira (eu acompanho essa feira desde a adolescência, haha). Eu sempre acompanhei cada Isaloni do Brasil mesmo através de blogs de arquitetos ou designers e cada ano era uma explosão de materiais e cores.

Mas este ano percebi que os tons se fecharam mais, na verdade isso já veio acontecendo nas últimas edições da feira.

As tendências do ISaloni 2016 se resume na minha opinião em: 50 tons de cinza, hehehe. Brincadeiras aparte, mas as cozinhas estão bem escuras, é muito cinza de diversos tons, muito chumbo, as pedras estão com vista mais minimalista, das expessuras finas e retas ao super robusto e com incríveis acabamentos em tons frios, incluindo detalhes de madeira, pedras e plantas que remetem muito a natureza. Os armários basicamente são super gavetas funcionais, bem equipadas e ilúminadas.IMG_5926 IMG_5922IMG_6001 IMG_20160416_162212610 IMG_20160416_162849604IMG_5916IMG_20160416_162610450 IMG_5993

IMG_20160416_162933274

A cozinha mais clean do evento. E com corte de pedra mais ousado.

fiquei paralisada de amor por essa pedra!!!

fiquei paralisada de amor por essa pedra!!!

IMG_5977

Falando em natureza eles levaram muito dela para dentro da cozinha. Com muitas plantas silvestres, madeira e pedras bem rústicais.

IMG_5979 IMG_5924IMG_5992IMG_6021 IMG_5931 IMG_20160416_162849604

Eu vi cobre, muito cobre e dourado envelhecido na cozinha, sala, escritórios, quartos, nos lustres, nos detalhes nos acessórios, portas… IMG_20160416_162742677 IMG_20160416_162212610 IMG_20160416_162529009 IMG_20160416_162505442 IMG_5972 IMG_5959 IMG_5964IMG_5921IMG_20160416_162632794

Eu pude contar 4 cozinhas com cooktop de vidro desses mais “tradicionais” (ao menos na Alemanha não se usa fogão tradicional) os novos acendedores vamos dizer assim, estão super industriais e instalados diretamente nas pedras do balcão da cozinha…praticamente toda cozinha era composta por acendedores dispostos aleatoriamente no balcão das ilhas ou embutidos diretamente na bancada.

Os acendedores industriais possuíam tons frios e sem brilho algum. Os tons variavam entre vários tons do cinza e outros em cobre fosco. Eu sinceramente não me vejo cozinhando neles. Mas como disse as cozinhas estão cada vez maiores disposta a acolher um grande grupo. Ou seja, o consumidor dessa cozinha, adora cozinhar para um grande número e diante disso as panelas e equipamentos devem sim ser maiores ganhando essa atmosfera industrial porem acolhedora ao mesmo tempo.

Diferente das cozinhas europeias tradicionais, as cozinhas ocuparam grande espaço da casa para abrigar uma grande família e um considerável número de amigos.

IMG_20160416_162505442 IMG_5919 IMG_5972IMG_5948 IMG_5951 IMG_5989 IMG_5998 IMG_6006 IMG_6008

As portas não têm tanto brilho e as que encontrei faziam um completo com acabamento bem fosco.

Nem todas pedras eram mesmo de pedra, hehehe, eu vi muita bancada com fórmica e alguns em inox, outros em vidro pintado (não vou usar colorido porque de colorido não teve muita coisa).

O cobre se fez presente em cada detalhe, desde panelas, pendentes, nichos, pés… e isso não foi apenas na cozinha não. Por isso digo que o resumo é curto, se for falar somente sobre cores e metais.

IMG_5986 IMG_6016 IMG_6002IMG_5994 IMG_6005 IMG_6009

IMG_6011

Segunda cozinha com super cor. Portas com estampa floral e aplicação do mesmo material e estampa na parede!!

IMG_6016 IMG_20160416_161424854

Já está repetitivo falar “cobre”, haha maas, não é minha culpa. Os designers levaram uma variedade não muito extensa para a paleta de cores desse ano. Esses metais realmente andou por cada ambiente da casa. Do fosco ao super brilhante.

Na sala também teve couro muito couro, o couro nas salas e quartos, revestiu portas, poltronas e painéis. As prateleiras ganharam uma transição do alto brilho ao couro. Os sofás basicamente tiveram uma variação bem pequena do cinza médio ao escuro. Pouco vidro, na verdade o vidro foi pouco visto por lá, ao contrário do mármore que ganhou seu espaço.

Os lustres que não fugiram do chumbo, mas em alguns standers receberam uma paleta nova com tons pasteis, que variaram do quase branco ao marrom escuro e terroso. Porem os cristais ainda assim não perderam seu espaço e continua, dando glamour aos diversos ambientes.

IMG_5789 IMG_5791 IMG_5794 IMG_5798 IMG_5801 IMG_5821 IMG_5826 IMG_5832 IMG_5848 IMG_5879 IMG_5887

Bom, espero que apreciem sem moderação as “poucas” fotos para se inspirarem em novos projetos e decor. Não fotografei todos cômodos que visitei porque acabou minha bateria tanto do cel quanto da câmera. Mas em resumo é isso que disse acima. Um grande beijo!!





Comente pelo Facebook:

Ou comente por aqui:

Me segue no

Instagram

Mulheres Divas • todos os direitos reservados © 2018 • powered by WordPress • Desenvolvido por