10

jun

2016

E de repente 30…

E então eles chegaram!!! Os tão mencionados 30.

Quem nunca se pegou falando??  “Quando eu fizer 30 anos…” ” ahh isso deixa para depois dos 30…” “antes dos 30 tem que fazer tudo porque depois tem que ir mais devagar…”

Lying-on-the-grass-of-the-cute-little-girl_sQuem nunca quando criança se deitou na grama olhando para o céu e começou a se imaginar adulto??? Como seria sua vida… Como seria sua mulher ou seu marido? Quantos filhos você queria mesmo ter? Qual seria o nome deles? Com quantos anos você ia se casar? Claro que depois de concluir seus estudos para ser o melhor astronauta do mundo ou a melhor veterinária, bailarina, princesa… ou talvez você iria casar no reino das fadas e então já nem se lembrava mais o que estava pensando…

 

Passei minha vida toda, tendo flashback de uma cena marcante, cada vez que alguém dizia 30 anos. Lembrava da minha mãe. Quando ela fez 30 eu fiz 10.

Me lembro exatamente daquele dia e de cada cheiro e de cada pessoa. Minha mãe estava linda, nunca me lembro de ver ela tão linda quanto aquele dia. Cabelos lindos, corpo lindo, pele linda… eu desejava ser ela. E ela chorou o dia inteiro, sem parar, cada pessoa que chegava para dar os parabéns, ela chorava.

11156328_756567347774753_7265775050599462440_n

mamy agora já é 50tona

Eu não conseguia entender porque ela chorava, se ela estava mais linda do que um dia antes. Eu queria fazer 30 para entender aquele momento. Passei minha vida até hoje, relembrando várias vezes aquele dia. Ela chorava no braço do sofá, dizendo que estava ficando velha que 30 era muito pra ela… e aquele foi o ano em que ela conquistou cada sonho que ela tinha. Aquele foi o ano em que ela se revelou como mulher. Mesmo mãe de 3 ela ainda estava presa na juventude, no tempo dos 18 ao 20 e poucos, 10 anos na casa dos 20. De repente, a vida te chama para parar de treinar e jogar de verdade. Era isso. Hoje entendo, hoje entendi.

Quando eu fiz 20 anos pensei: “nossa fiz 20 e agora??”, e entrei em pânico porque ouvi meu pai dizer que depois dos 20, os anos voam, então corri, trabalhei muito me dediquei muito, não me importei com horários, algumas vezes não me alimentei, não dormi, não curti… os 20 passam rápido e quero chegar aos 30 com a carreira feita, mas com 27 tenho que ter alguém, me casar ter todos os filhos que pretendo ter até os 29 e chegar aos 30 como todo mundo sonha. Carreira, um homem lindo do lado, um casal de filhos, viajar pelo mundo sem me preocupar com contas. Ter muitos amigos, e então curtir a vida adulta como mereço.

E então de repente os 30 chegou, o hoje, o agora, este exato momento.

Sem palavras… não doeu como pensei que doeria. Na verdade, os calos não doem mais já faz um tempo.  Abandonei minha loucura por trabalho, não tenho a pressa de antes, nem as inseguranças de antes, ainda resta insegurança nessa humana aqui, mas não a que me consumia. Ainda resta boa parte da menina que deitava na grama sonhando em ganhar o mundo, mas o meu mundo hoje é menor, meu mundo são os filhos que sonhei ter antes dos 30, meu mundo é o homem lindo que está dormindo neste momento do meu lado, que chegou logo depois dos 20. Nos meus planos ele chegaria um pouco atrasado, mas Deus é tão generoso que me entregou bem antes.

casal lindo laura costta

Meu mundo tem 1 ou 2 talvez 3 grandes e verdadeiros amigos, porque quando se chega nos 30 o importante não é mais a quantidade, e sim a qualidade, não é a pressa, mas a eficiência. Nós já sabemos que se não der certo, tem outro caminho, outras histórias, outras experiências, novas possibilidades. A vida não vai acabar se você perder um alguém, um amigo de verdade sempre volta, um verdadeiro amor sempre volta. Já somos capazes de identificar um erro antes mesmo de comete-lo, e sabemos que se mesmo assim errarmos, a vida continua e temos todos os dias uma outra chance.

Aprendemos a conviver melhor com a saudade, que hoje é diferente de quando se tinhamos 15,18,20… dói, mas temos maturidade e não cometemos as mesmas loucuras.

Temos mais coisas que nos seguram no chão. Na verdade, tenho um chão que me faltava antes. Um lugar para voltar, para me sentir forte e amada. Um abraço onde posso correr e saber que de lá ninguém me tira. E meus braços cresceram, agora cabe dois e sinto que posso ser forte por eles, e que posso ser um porto seguro de duas vidinhas.

 

Se você me disser que tem 30,40,50 e ainda vive da mesma forma, ou segue com a mesma linha de pensamento que você tinha com 17,18 ou 20…25 te digo que você desperdiçou a sua vida.

Porque a razão da vida é a evolução, o amadurecimento, a experiência… aprender com seus erros, lidar com os obstáculos. Se você chegou até aqui e não aprendeu nada. Que pena.

Eu me sinto como se ainda tivesse meus 20 e poucos anos, mas com a experiência e maturidade dos meus novos 30 anos. Eu aprendi muito, vivi muita coisa em pouco tempo, errei demais, e errei mais de uma vez o mesmo erro. Aprendi e ainda tenho aprendido dia após dia, porque a vida é assim, viver para aprender, errar pra entender.

Eu estou muito feliz de estar onde estou, de ter deixado minha obsessão egoísta, de projetar um futuro sem desfrutar do presente, de ter pressa em tudo, de emocionar demais por coisas que não valeram todo o stress ou minha luta, mas que claro foi uma experiência válida. Agora, só quero paz e muita saúde para viver plenamente e aproveitar cada momento com meus filhos, minha família, amar, dar e receber amor dos meus amores.

 

 

A dica que dou para você jovem? É Shakespeare: O que importa não é o que você tem na vida, mas quem você tem na sua vida!!

 





Comente pelo Facebook:

Ou comente por aqui:

Me segue no

Instagram

Mulheres Divas • todos os direitos reservados © 2018 • powered by WordPress • Desenvolvido por