10

jun

2016

E de repente 30…

E então eles chegaram!!! Os tão mencionados 30.

Quem nunca se pegou falando??  “Quando eu fizer 30 anos…” ” ahh isso deixa para depois dos 30…” “antes dos 30 tem que fazer tudo porque depois tem que ir mais devagar…”

Lying-on-the-grass-of-the-cute-little-girl_sQuem nunca quando criança se deitou na grama olhando para o céu e começou a se imaginar adulto??? Como seria sua vida… Como seria sua mulher ou seu marido? Quantos filhos você queria mesmo ter? Qual seria o nome deles? Com quantos anos você ia se casar? Claro que depois de concluir seus estudos para ser o melhor astronauta do mundo ou a melhor veterinária, bailarina, princesa… ou talvez você iria casar no reino das fadas e então já nem se lembrava mais o que estava pensando…

 

Passei minha vida toda, tendo flashback de uma cena marcante, cada vez que alguém dizia 30 anos. Lembrava da minha mãe. Quando ela fez 30 eu fiz 10.

Me lembro exatamente daquele dia e de cada cheiro e de cada pessoa. Minha mãe estava linda, nunca me lembro de ver ela tão linda quanto aquele dia. Cabelos lindos, corpo lindo, pele linda… eu desejava ser ela. E ela chorou o dia inteiro, sem parar, cada pessoa que chegava para dar os parabéns, ela chorava.

11156328_756567347774753_7265775050599462440_n

mamy agora já é 50tona

Eu não conseguia entender porque ela chorava, se ela estava mais linda do que um dia antes. Eu queria fazer 30 para entender aquele momento. Passei minha vida até hoje, relembrando várias vezes aquele dia. Ela chorava no braço do sofá, dizendo que estava ficando velha que 30 era muito pra ela… e aquele foi o ano em que ela conquistou cada sonho que ela tinha. Aquele foi o ano em que ela se revelou como mulher. Mesmo mãe de 3 ela ainda estava presa na juventude, no tempo dos 18 ao 20 e poucos, 10 anos na casa dos 20. De repente, a vida te chama para parar de treinar e jogar de verdade. Era isso. Hoje entendo, hoje entendi.

Quando eu fiz 20 anos pensei: “nossa fiz 20 e agora??”, e entrei em pânico porque ouvi meu pai dizer que depois dos 20, os anos voam, então corri, trabalhei muito me dediquei muito, não me importei com horários, algumas vezes não me alimentei, não dormi, não curti… os 20 passam rápido e quero chegar aos 30 com a carreira feita, mas com 27 tenho que ter alguém, me casar ter todos os filhos que pretendo ter até os 29 e chegar aos 30 como todo mundo sonha. Carreira, um homem lindo do lado, um casal de filhos, viajar pelo mundo sem me preocupar com contas. Ter muitos amigos, e então curtir a vida adulta como mereço.

E então de repente os 30 chegou, o hoje, o agora, este exato momento.

Sem palavras… não doeu como pensei que doeria. Na verdade, os calos não doem mais já faz um tempo.  Abandonei minha loucura por trabalho, não tenho a pressa de antes, nem as inseguranças de antes, ainda resta insegurança nessa humana aqui, mas não a que me consumia. Ainda resta boa parte da menina que deitava na grama sonhando em ganhar o mundo, mas o meu mundo hoje é menor, meu mundo são os filhos que sonhei ter antes dos 30, meu mundo é o homem lindo que está dormindo neste momento do meu lado, que chegou logo depois dos 20. Nos meus planos ele chegaria um pouco atrasado, mas Deus é tão generoso que me entregou bem antes.

casal lindo laura costta

Meu mundo tem 1 ou 2 talvez 3 grandes e verdadeiros amigos, porque quando se chega nos 30 o importante não é mais a quantidade, e sim a qualidade, não é a pressa, mas a eficiência. Nós já sabemos que se não der certo, tem outro caminho, outras histórias, outras experiências, novas possibilidades. A vida não vai acabar se você perder um alguém, um amigo de verdade sempre volta, um verdadeiro amor sempre volta. Já somos capazes de identificar um erro antes mesmo de comete-lo, e sabemos que se mesmo assim errarmos, a vida continua e temos todos os dias uma outra chance.

Aprendemos a conviver melhor com a saudade, que hoje é diferente de quando se tinhamos 15,18,20… dói, mas temos maturidade e não cometemos as mesmas loucuras.

Temos mais coisas que nos seguram no chão. Na verdade, tenho um chão que me faltava antes. Um lugar para voltar, para me sentir forte e amada. Um abraço onde posso correr e saber que de lá ninguém me tira. E meus braços cresceram, agora cabe dois e sinto que posso ser forte por eles, e que posso ser um porto seguro de duas vidinhas.

 

Se você me disser que tem 30,40,50 e ainda vive da mesma forma, ou segue com a mesma linha de pensamento que você tinha com 17,18 ou 20…25 te digo que você desperdiçou a sua vida.

Porque a razão da vida é a evolução, o amadurecimento, a experiência… aprender com seus erros, lidar com os obstáculos. Se você chegou até aqui e não aprendeu nada. Que pena.

Eu me sinto como se ainda tivesse meus 20 e poucos anos, mas com a experiência e maturidade dos meus novos 30 anos. Eu aprendi muito, vivi muita coisa em pouco tempo, errei demais, e errei mais de uma vez o mesmo erro. Aprendi e ainda tenho aprendido dia após dia, porque a vida é assim, viver para aprender, errar pra entender.

Eu estou muito feliz de estar onde estou, de ter deixado minha obsessão egoísta, de projetar um futuro sem desfrutar do presente, de ter pressa em tudo, de emocionar demais por coisas que não valeram todo o stress ou minha luta, mas que claro foi uma experiência válida. Agora, só quero paz e muita saúde para viver plenamente e aproveitar cada momento com meus filhos, minha família, amar, dar e receber amor dos meus amores.

 

 

A dica que dou para você jovem? É Shakespeare: O que importa não é o que você tem na vida, mas quem você tem na sua vida!!

 


14

abr

2016

Eu vou no ISaloni: Salão de móveis em Milão 2016

Gentee, estou muito feliz. Porque? Vocês já leram no título,hehehe.

Porque esse final de semana estarei em Milão para a feira do meu coração: ISaloni, que é Salone del mobile Milano 2016 (salão de moveis em Milão). Na verdade já sairemos amanhã daqui.

Quem é design, arquiteto ou decorador, entende minha emoção. O ISaloni é o maior evento de nível mundial para todos profissionais e amante da decoração. É o fashion week dos profissionais e de onde sai toda tendência, de móveis, tecidos, iluminação, tecnologias… mas vai muito além disso, é muita arte e bom gosto junto.

isaloni

Uma imensidão de informações reunida em um local enorme, cheio de grandes profissionais, materializando sonhos. Os profissionais mais antenados e preocupados com funcionalidade, sofisticação e sede por novidades estão presentes nessa feira. Eu trabalhei anos com móveis planejados e acabei me formando em Interior Design depois de tanto amor. Fiz projetos de decoração e iluminação para escritórios de arquitetura de Nova York, Londres e Dubai. Fiz 3D para o escritório mais incrível do mundo Diller Scofidio + renfro de Nova York. E muito em breve, retornarei as salas de aula porque estudar nunca é demais para me tornar mais completa, concluindo Arquitetura, aqui em Munique que é meu grande amor.

Já ouvi uma vez que sonhos não tem limites, mas não são nada sem dedicação e esforço.

Quem me conhece sabe que não tenho preguiça pra aprender, crescer e evoluir.

Maas voltando a feira.

O Isaloni começou segunda-feira (12), e ontem seria meu dia oficial para conhecer essa feira incrível, maas infelizmente por conta de outros compromissos e trabalho do meu amor, não poderei ir durante a semana. Mas estarei indo na sexta feira. Com a expectativa de que não esteja tão cheio porque nos finais de semana eles abrem para o público em geral com o valor de entrada um pouquinho mais caro do que para o profissional ou investidor, mas mesmo assim quem é profissional ainda tem direito ao valor exclusivo.

Hospedagem e entrada no evento:

entrada

entrada no evento: fotos – milaonasmaos.it

É cobrado 24€ a entrada e esse valor pode ser reservado pelo site antes mesmo antes da feira começar, e público comum paga 30€ nos finais de semana, mas sem direito a reserva.

Nós reservamos a nossa no site, mas ainda assim você tem que comprovar que é profissional ou investidor na entrada.

Milão é a capital da moda e bom gosto, e é cheia de história. Pra uma cidade tão linda é justo dizer que também é tãoo cara, rsrs, hotéis então… mas existe um sistema que poucos turistas sabem, se chama: Airbnb tem em varios países, mas aconselho acessar diretamente pelo site do pais que está indo porque a taxas são diferentes. São pequenos apartamentos que as pessoas alugam com valor mais baixo que hotel. Lá tem tudo, cama, banheiro, alguns tem até máquina de lavar, tv, internet, cozinha…nós reservamos um apartamento e isso saiu por 50€ a diária (muito barato)… e você pode fazer compras no supermercado e preparar seu próprio café da manhã, se não está afim de sair para comer fora, pode preparar seu próprio jantar ou almoço com produtos italianos encontrado no supermercado. Mas também pode sair e conhecer novos lugares, as deliciosas pizzarias e os charmosos cafés, se os seus pés ainda estiverem afim de se mexer após andar tanto durante o dia, hehehe.

Nosso cronograma:

Sairemos na sexta-feira atarde de Munique e como vamos na feira somente no sábado e domingo, Nicolaj fez uma reserva para sexta em um lugar super lindo na Italia que fica 4h30 daqui para passarmos o fim do dia lá. É um lago muito famoso e romântico que é o Lago di Garda.

mapa da viagem

Lago di Garda - Italia

Lago di Guarda – Italia

WIKIPEDIA: O Lago de Garda (em italiano: Lago di Garda), chamado tambèm Benaco, é o maior lago da Itália e localiza-se no norte do país entre as regiões de Lombardia (província de Bréscia), Vêneto (província de Verona) e Trentino-Alto Adige (província de Trento). Estende-se por uma área de cerca de 370 km² a uma altitude de 65 metros sobre o nível do mar. O lago possui cinco ilhas.

E pela manhã seguiremos para Milão que fica apenas 1h30 dali.

Apartir das 10h no sábado gostaria de já estar na entrada da feira e lá pretendo sair só quando não suportar mais meus pés.

No domingo pretendo ir novamente somente se não conseguir ver tudo no sábado. Porque gostaria de fazer shopping no centro, já que tudo é aberto normalmente aos domingos. Aqui na Alemanha, não abre nada no domingo nem supermercado e shopping, apenas cinema e bares. Então porque não aproveitar?! Ainda mais se tratando de Milão.

E o resto eu conto e mostro para vocês depois.

Se quizerem acompanhar em tempo real minha viagem e saber como é a feira, me siga no Snapchat @lahhcostta e também no instagram: @lahhcostta vou tentar mostrar tudinho para vocês e tentarei gravar vlog.


05

abr

2016

Diario do Final de semana – Passeio na Chinesischer Turm/ Torre da China no Englischer Garten

IMG_5631(eu, Nati com a cabeleira dela e Gabri)

Olá bonitonas, passaram bem o final de semana? Eu espero que sim.

Meu final de semana foi bem tranquilo, mas ótimo. Primavera chegou meu amor, hehehe.

A época mais linda do ano aqui, na verdade eu não sei qual época me agrada mais, mas com certeza o verão está em último lugar porque acreditem ou não é muito quente e pode chegar ou passar de 40 graus dependendo do ano. Se as casas tivessem ar condicionado eu não faria tanto drama.  Já a primavera aqui não pertence ao inverno nem ao verão, ela é o que quer ser, ela mesma. Às vezes super frio de manhã e anoite, e de repente está super quente atarde, e as vezes você se prepara para uma noite quente e é frio ou virse e versa. O clima de abril somente a Deus pertence… rsrsrs

A primavera é linda, mas vou falar sobre as estações do ano mais pra frente aqui no blog. Desde já adianto que aqui na Europa até as estação do ano são super organizadas e nenhuma rouba o brilho da outra, hahaah, são super marcadas. Assim como lemos nos livros da escola sobre as características de cada estação, flores na primavera, sol e calor no verão, folhas caem secas e lindas no outono e no inverno, frio, chuva e neve.

Enfim no sábado eu tinha coisas pendentes do blog para fazer, porque tive um problema com o vídeo de sexta-feira – tinha uma mecha do meu cabelo bem fuá e fiquei incomodada então não postei – e tive que regravar, editar e postar. Meu amor saiu com as crianças e a tia Sophie (minha cunhada) para curtirem a manhã que estava linda.

filhos

Gabriel e Natalie (aqui no condomínio)

E ontem no Domingão saí com as crianças pela manhã, aqui no condomínio mesmo, que é muito lindo e tem parques, brincamos por algumas horas almoçamos e depois fomos ao Englischer Garten porque queríamos ir no Chinesischer Turm que é a torre chinesa onde fica o Biergarten mais antigo de Munique. Já expliquei pra vocês em outro post sobre ele (clique aqui).

Torre Chinesa, o Biergarden mais antigo de Munique. Foto: Petrabroda, Flickr/ Creative Commons/http://bit.ly/1HhX7TD

Torre Chinesa, o Biergarden mais antigo de Munique. Foto: Petrabroda, Flickr/ Creative Commons/http://bit.ly/1HhX7TD

Biergarten: em português é Jardim de cerveja, mas calma porque não é jardim de cevada não. Aqui se chama Biergarten restaurantes abertos ao ar livre que normalmente não abre no inverno e você pode tomar uma legítima cerveja alemã, em copos de 1 litro, nas mesas enormes de madeira com bancos longos. Mas normalmente não tem mesa exclusiva para você se sentar somente com seus amigos ou família, você senta onde tem espaço com outras pessoas desconhecidas também. Normalmente você pergunta se o lugar está livre e senta onde tem espaço para você e sua família ou seus amigos. La você pode comer uma boa comida típica da Baviera, como: joelho de porco assado, galeto, salada de batata, salsichas com curry e batatas frias… ao som de uma sinfonia bem típica e tradicional. Esse parque é muito grande, mas se querem saber mais sobre ele, podem ler este post (clique aqui) porque explico tudo. Nesse post  também tem o vlog que fiz com minha família lá, mas nesse dia não fomos na Torre Chinesa. Ah e esse vídeo abaixo apenas a apresentação do vídeo o link do vídeo completo voce encontra no post do Englescher Garten ou clicando aqui:

Nao foto so resta o curry, porque o wurst já desapareceu...rsrs

Na foto so resta o curry, porque o wurst já desapareceu…rsrs

Nós tomamos uma cerveja e Gabri um currywurst com fritas (Curry com salsichas) que na verdade não é típico da Baviera e sim de Berlim, mas que é muito servido. Porque por mais que os Bavárianos e os Berlinenses não se misturam muito é comida alemã né, não importa qual parte da Alemanha fez primeiro. E sim, para quem não sabe, Berlim e Munique é tipo São Paulo e Rio de Janeiro, são duas cidades famosas no país e que tem uma certa “rivalidade”.

Berlim é a capital não é nada parecido com Baviera, o estilo de vida é bem diferente e mais urbano, o sotaque é diferente, os bavarianos falam muito mais forte, por isso sempre digo que se querem ver essa cultura alemã forte vocês não vão encontrar em outro lugar se não for aqui no sul.

Caso encontre alguém de Berlim ou qualquer lugar que não seja da Baviera, jamais pergunte se ele tem calca de couro e se gosta de salsicha branca, vai receber um olhar bem chateado.

 

 

Munique e os Baravárianos

Essa Alemanha que é divulgada pra gente no Brasil, com dança típica, roupas típicas, musica rústica e toda essa comida, é Baviera, em Berlim ou outras capitais vocês não encontram isso, a não ser que seja proposital, declarado que é típico da Baviera. É como o Brasil, carnaval com passistas cheias de brilho e penas, Copacabana, praia e muitos biquínis, caipirinhas e feijoada, isso não é resumo do Brasil pra gente né, isso é resumo do Rio de Janeiro. hehehe

 

Voltando ao nosso passeio

PicMonkey Collage

Antes que o sol fosse embora fizemos o prometido piquenique do Gabriel. No qual ele não quis comer. E depois de 1 hora fomos embora e já eram quase 20horas e ainda era dia, como podem ver na foto (só fotografamos na saída, mas postei vídeos no snap).

Natalie e papai

Foi legal, porque a Natalie se divertiu bastante, ela não está acostumada com esse clima quente e gostou de não usar casaco. Quando viemos do Brasil, ela era muito bebe, e no verão do ano passado aqui que foi bem animal,chegou algumas vezes a passar dos 42 graus tranqüilamente. Mas com certeza  ela não se lembra, claro. Então esse é oficialmente o primeiro verão dela.

O Gabri ama o inverno, mas adora essa época porque ele pode fazer mais coisas e ser livre do tira e põe dos casacos e toucas, botas e cachecóis.

 

 

Esse foi nosso final de semana. E o seu como foi? Conte tudo porque também quero saber.Espero que tenham gostado desse post com informações que talvez possa ser útil se vierem aqui.

Um grande beijo e até mais.

 


31

mar

2016

Tradições Alemãs de Páscoa vista por uma Brasileira

Oi gente, como passaram de páscoa? Precisei tirar esses dias de feriado prolongado porque toda a família recebe férias (aqui se fala férias mesmo se você tira apenas um dia de folga ou se tem feriado)

Eu tive a páscoa um pouco diferente do que no Brasil (claro), e senti muita saudade da minha terrinha, não que minha páscoa no Brasil seja super cheia de coisas, mas diferente do natal que adoro o daqui, senti saudades sim do clima de páscoa Brasileiro, com direito a filmes que relembram o real motivo do feriado.

Aqui o clima de páscoa é um pouco diferente, mas o básico sobre: os ovos e procura é bem parecido, com a diferença que no Brasil escondemos os ovos (o nosso grande ovo de páscoa) dentro de casa e aqui é escondido vários ovos e cestinhas de ovos fora da casa, até porque o clima lá fora muda completamente nessa época e é uma delícia, nem frio nem super quente. Como aqui no inverno passamos muitas privações, então todos querem mesmo é que curtir o novo clima lá fora.

Apesar de ter sido super legal ver o Gabriel todo feliz procurando desesperadamente as 7 cestas. Tive minha crise de choro, querendo ir para casa (Brasil).

Mas porque Laura? O que te fez sentir assim?

Achei “frio” e não estou falando do clima. Para os alemães e isso é em quase toda a Europa pelo que conversei com outros amigos, o grande bum e significado não é a ressurreição de cristo, pois é, por incrível que pareça apesar de serem bem católicos (bem católicos no sentido de ser católicos e não no sentido de ir sempre a igreja- detalhe) para os alemães e vou dizer que para os europeus a grande comemoração mesmo é a entrada da primavera.

Mas já vou contar com detalhes o significado de tudo para vocês, porque apesar de certas coisas soarem estranhas os germânicos foram o primeiro povo a comemorar a páscoa. Os registros apontam que já na idade média assim como o natal que também surgiu aqui ( veja o video que fiz sobre tradições de natal clicando aqui) eles já comemoravam essa grande data.

Tradições, cultura e religião

decor pascoa

A páscoa aqui na Alemanha junto com o natal é a comemoração mais importante para os cristãos. A páscoa é realmente marcante e importante e assim como o natal, todos se preparam com decorações em suas casas, nos jardins, nas lojas é não dá para esquecer em momento algum que ela se aproxima.

Como eu disse, ela hoje não é muito lembrada pela ressurreição de cristo como antigamente, mas sim pela entrada da primavera. Com o passar dos anos as tradições cristãs se mesclaram com as pagas e os ovos, coelhinhos, cordeiros, fogueiras desviaram um pouco a atenção do grande real motivo (principalmente por se misturar a culturas pagas). O natal também surgiu na Alemanha, e as comemorações, costumes com árvores decoradas, presentes nas arvores e papai noel, também foi uma cultura cristã mesclado com costumes pagãos, como mostrei no vídeo de natal.

Quinta feira santa

Nas igrejas eles relembram a última ceia de cristo e normalmente acontece várias cerimônia de eucaristia que acabou se tornando a cerimônia central da missa da quinta-feira santa.

Sexta feira santa

precisao

É o dia que os cristãos relembram a morte de cristo e em algumas vilas realizam a procissão. Nesse dia não é permitido comer carne, assim como também fazem os católicos no Brasil, e aqui preserva-se o descanso nesse dia. Ninguém programa nada só ficam em casa relaxando assim como no Brasil com a família reunida. Nem todos os bares são fechados, mas normalmente boates não abrem no dia.

Sábado

ovod

No sábado normalmente não tem nada de especial no calendário e continua com o comércio fechado. Não abre nada nem supermercado até a terça feira.

Algumas famílias cozinham os ovos e pintam com várias cores ou desenhos,para comerem frescos no dia seguinte ou no mesmo dia. Mas normalmente isso não tem dia certo, muitos já preparam bem antes seus ovos, cristãos ou não, tem que ter ovos coloridos em casa e isso faz parte da cultura alemã.

Domingo de páscoa

procurar ovos

Os pais escondem os ovos no jardim, cozidos e de chocolates, mas não são como os ovos do Brasil grandes com embalagem brilhante e fitas, são ovinhos mesmo e coelhinhos de chocolates. E as crianças saem a procura.

Para os cristãos, o ovo de Páscoa simboliza a vida nova de Cristo. Na Idade Média, além da carne, a Igreja proibia aos fiéis comer ovos durante a Quaresma. Para não estragar, eles passaram a ser cozidos e enfeitados e, também, dados como presente.

Coelho da pascoa – Osterhase

hase

Ele se tornou símbolo da pascoa porque ele combina muito bem com a época. Ele é considerado o símbolo da entrada da primavera e o símbolo da fertilidade por reproduzir rápido.

Bolo do Cordeiro da pascoa

bolo Na época da pascoa é comum encontrar esse bolo em supermercados ou padarias e formas de bolo no formato de cordeiro também é vendido nas lojas.

No cristianismo o cordeiro é o símbolo do sofrimento de um inocente: Jesus. E na Alemanha se tornou tradicional esse bolo.

Vela Pascal

vela pascal

Antigamente as velas eram apenas para iluminar a missa na noite de páscoa. A luz da vela representa a luz da ressurreição de jesus para os fiéis ela simboliza a vitória de cristo sobre a morte.

Fogueira Pascal

fogueira

A fogueira antigamente simbolizava não somente as privações que sofreram no inverno rigoroso, mas também para expulsar demônios e almas. O fogo da fogueira simboliza sorte. Hoje em dia a fogueira pascal ainda é acesa em vilas ou pequenas cidades.

Caminhada da digestão

fores

Após o almoço no domingo de páscoa é comum entre as famílias fazerem uma caminhada para ajudar a digerir tudo que comeram no almoço de páscoa. Depois do longo inverno rigoroso, todos aproveitam o dia para apreciar a caminhada.  Como a páscoa é oficialmente a entrada da primavera o clima muda magicamente na pascoa é mais quente, os botões de folhas e flores que ficaram todo o mês fechado se abrem, o sol brilha mais, você já consegue sair com uma jaqueta fina ou só com bluza  fina. Tudo começa a ficar mais bonito depois da páscoa. (Apesar que amo o inverno e acho lindo o inverno também hehehe)

 

Agora vocês devem estar se questionando qual é o meu problema:

 

Então eles têm tradições religiosas sim Laura, e têm gente… essas são as tradições de pascoa alemã desde a idade média, mas apesar de tantas cerimônias legais as pessoas não dão super importância ao grande fato- a morte de Cristo.

A alegria da páscoa é a entrada da época mais linda do ano para os alemães. E ponto. Ninguém fala como no Brasil: “olha temos que lembrar o real motivo da páscoa…” “Olha a pascoa não é chocolate não”, “Eu já fiz minhas orações ”.

São símbolos bonitos para mim, mas vazios. Eu detesto admitir que estou feliz com a nossa nova estação, porque amo o inverno. Estou super feliz porque vejo pessoas mais felizes pelas ruas. Mas acho que a primavera deveria ter uma comemoração isolada da páscoa. Talvez porque sou Brasileira e para mim não é novidade o clima. Mas senti uma enorme tristeza por perceber que Jesus não foi super lembrado. E não sou das mais religiosas não. Os amigos alemães que me perdoem, mas também tem coisas no Brasil que todo mundo critica até eu que sou Brasileira puxo a cadeira e falo junto. Mas é minha opinião. O que vocês acham?

Bom gente é isso, essas são a culturas de pascoa aqui na Alemanha, espero que tenham gostado de saber um pouco mais sobre outra cultura. Deixe um comentário me dizendo qual tradição gostaram mais e o que acharam estranho!!

 

Um enorme beijoo para todos!!!

 

 


19

mar

2016

Diário do final de semana

eu e SueNesse último final de semana recebi minha adorada amiga Suzana de muitos anos, que é Argentina, mas pra mim é quase uma Brasileira. Eu estava morrendo de saudades dela!!

Enquanto eu estava no Brasil nos últimos anos, Continue lendo


Páginas    123

Me segue no

Instagram

Mulheres Divas • todos os direitos reservados © 2019 • powered by WordPress • Desenvolvido por